• Arão Sapiro

FACILITAÇÃO PARA A RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

Atualizado: 1 de fev. de 2020

Através de aceitação e colocação aberta de sentimentos, é canalizada a energia gerada por sentimentos para atividades construtivas ao invés de destrutivas.

O conflito de opiniões na dinâmica do grupo é normal e até desejável, dado que é inevitável. A natureza legítima do conflito decorre de posicionamentos situacionais diferenciados entre os membros do grupo (fontes de informação, objetivos pessoais, crenças, sentimentos, etc...) e não deve ser bloqueada ou tratada com fugas e evasivas pelo grupo. De qualquer forma a pior opção no enfrentamento das diferenças é deixar que a lealdade baseada na hierarquia ou o medo de reprovação e punição do chefe reprimam a criatividade que só se desenvolve quando as diferenças afloram livremente.


A superação das divergências passa também pela criação de uma atmosfera organizacional (ou clima) que deixe as pessoas à vontade para se exporem sem medo ou ameaças (veladas ou diretas). Esta abordagem de resolução de problemas ajuda a lidar com sentimentos que acompanham discordâncias, tais como frustração, ressentimentos, hostilidade.


Através de aceitação e colocação aberta de sentimentos, é canalizada a energia gerada por sentimentos para atividades construtivas ao invés de destrutivas. O conflito em si tende a fazer com que o indivíduo procure meios de enfraquecer e minar os que discordam dele, ao passo que a abordagem de resolução de problemas leva o indivíduo a aceitar as discordâncias como sendo potencialmente vantajosas e enriquecedoras.


Todo conflito deve ser superado positivamente, uma nova síntese deve surgir e isto representa mudança no comportamento e na dinâmica do grupo.


Caberá ao moderador ou facilitador do grupo ajudar a transformar progressivamente a insegurança diante da necessidade de mudança em níveis maiores de autonomia e engajamento, através de vários processos – tanto intuitivos como racionais para criar uma decisão coletiva que todos os participantes apoiem plenamente.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo